19 de junho de 2015

Mosaicos

Olá!

O mosaico tem seu registro mais antigo na cidade de Ur que fica na região da Mesopotâmia na data de 3.500 a.C.
O "Estandarte de Ur" compõe-se de dois painéis retangulares de 55 cm, feitos de arenito avermelhado e lápis-lazúli. No antigo Egito, havia preciosos trabalhos feitos em sarcófagos de antigas múmias; também havia mosaicos que decoravam colunas e paredes de templos.
Em Pompeia especificamente, foi um viveiro de mosaicistas que desde os poderosos e os abastados até o povo em geral apreciavam esta arte. No período paleo-cristão, abre-se para o mosaico uma nova era: a arte bizantina, que é o verdadeiro triunfo das artes visuais do cristianismo.
Combinando harmonicamente elementos ocidentais e orientais, deu origem a uma arte intelectualizada, onde o sentido de divino, de sobrenatural, manifestava-se através de um original abstracionismo. Nunca o mosaico teve tanto esplendor e foi tão largamente usado no mundo como nesse período. No mundo islâmico, a arte do mosaico teve importante aplicação na ornamentação de edifícios e mesquitas. Um outro tipo de mosaico foi o de pequenas tesselas de madeira, usado para decoração de móveis, caixas e outros objetos.

Para a elaboração dos mosaicos, eram também usados pedaços de marfim e madrepérolas, mas no século XIX, essa arte parou de ser utilizada.

Claro que como qualquer arte, moda, o mosaico volta a ser usado na decoração principalmente em mesas de áreas abertas e pisos desenhados.


A arte de montar um mosaico é incrível e deixa a decoração muito rica.









Obrigada por visitar o blog!!

Deixe seus comentários se gostou deste post!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante, então se tiver alguma dúvida, opinião ou sugestão não esqueça de deixar o seu e-mail no seu comentário para que eu possa retornar.